segunda-feira, 31 de julho de 2017

OS ACCIONISTAS DA CGD QUEIMADOS COM €500 MILHÕES DE ÁCIDO TEREFLÁTICO PURIFICADO E OUTROS PRODUTOS CONEXOS

Artlant: empresa a que a CGD emprestou mais de 500 milhões declarada insolvente

Aquela que era, em 2015, a maior devedora da Caixa Geral de Depósitos foi declarada insolvente. O pedido de insolvência, feito por um credor, segue-se à aprovação do plano de recuperação há dois anos.
A construção da infra-estrutura teve início em 2007, recebendo um investimento superior a 400 milhões de euros, proporcionado em grande medida pelo banco público. Em 2007, a presidência do banco público era assegurada por Carlos Santos Ferreira, contando com Armando Vara como administrador. Pelo Governo de José Sócrates, com Manuel Pinho no Ministério da Economia, a sociedade recebera já em 2005 o estatuto de projecto de potencial interesse nacional.
LER MAIS: http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/banca---financas/detalhe/artlant-empresa-a-que-a-cgd-emprestou-mais-de-500-milhoes-declarada-insolvente

Sem comentários: