quarta-feira, 17 de julho de 2019

NÃO AO ACORDO ORTOGRÁFICO


SUGESTÃO


O MINISTÉRIO DA PROMOÇÃO DA PARVOÍCE

Rui Rio quer mudar nome do Ministério da Saúde para Ministério da Promoção da Saúde

E por que não o Ministério da Promoção da Agricultura, o Ministério da Promoção da Justiça, o Ministério da Promoção da Economia, o Ministério da Promoção dos Negócios Estrangeiros? E, sobretudo, por que não um Ministério da Promoção da Defesa que nos defenda dos bimbos que nos atacam com rajadas de parvoíce? 

O SSenhor SSalvini Bonifácio




Itália vai fazer relatório sobre ciganos para preparar plano de expulsão

Vice-primeiro-ministro pediu aos presidentes das câmaras municipais um relatório sobre os vários tipos de povos nómadas e ciganos presentes no território.

LA SACRA FAMIGLIA

Tribunal da Relação confirma três anos de prisão com pena suspensa para ex-autarca de Braga

A Relação considera que Mesquita Machado teve 'intenção direta' de favorecer patrimonialmente a filha e o genro, lesando o erário público.

TSF

OS SEGREDOS DA JUSTIÇA

Tribunal Constitucional reverte outra decisão do juiz Ivo Rosa

Os conselheiros do TC reverteram uma decisão do magistrado em devolver casas de luxo a sociedades offshore suspeitas de branqueamento de capitais.

Sábado

terça-feira, 16 de julho de 2019

ELE SÓ QUERIA TIRAR UMA MARCELFIE. OS BICHOS É QUE NÃO PERCEBERAM


DONALD BONIFÁCIO

Trump "xenófobo" manda quatro congressistas voltarem para países de origem

Comentários do presidente norte-americano no Twitter contra quatro mulheres democratas. "Porque é que não voltam e ajudam os países corruptos e infestados de crimes de onde vieram", escreveu Trump. (DN)

A FINA FLOR DO ENTULHO


A preta do prédio da Bonifácio


Os argumentos racistas da autora tornam-na uma má pessoa ou menos inteligente? O primeiro problema reside aí: achamos que os racistas são apenas os tipos broncos e de cabeça rapada e excluímos as mais polidas, como é o caso de MFB. Portanto, MFB é uma intelectual racista.

Pedro Mendes
Público

O QUARTETO DE CORDAS

Maldonado Gonelha, Vara e Bandeira tiveram “intervenção direta” nos créditos mais ruinosos da CGD

“A maioria das perdas teve origem nos anos do mandato da administração liderada por Santos FerreiraO vice-presidente Maldonado Gonelha, os administradores Armando Vara e Francisco Bandeira tiveram, segundo os trabalhos da comissão, intervenção direta nos créditos mais problemáticos“, revela o relatório preliminar da CPI.
ECO

segunda-feira, 15 de julho de 2019

BONIFASCISMO

Mas, como Bonifácio faz parte de uma rede de gente fina que exibe a sua deriva extremista como se fosse o superior enunciado do senso comum, a tribo, mesmo que meio envergonhada, levantou-se em sua defesa, alegando, à falta de melhor, que o direito de opinião estava em risco se o racismo não fosse tolerado. Ela própria calou-se. Falaram por ela Helena Matos (“Não interessa se concordo ou discordo (…), o que interessa, o que é grave [é que] a ditadura das causas triunfou”) e Rui Ramos, que despejou os insultos em que é tão prolixo (“repugnou-me a canalhice das calúnias e das ameaças (…) e a inspiração de um dos mais asquerosos projetos políticos do nosso tempo (…) e porque a má-fé e a estupidez dominam este debate”). Como a pessoa mais inocente compreende, se tudo é tão superlativo é porque o navio já naufragou. Ora, a senhora professora há décadas que passeia a prosápia como se fosse um modo de vida e escreve tudo o que lhe apetece, sem qualquer restrição ao seu direito de opinião.
Resumindo, o caso Bonifácio só tem um motivo de curiosidade. Revela como o nosso tempo repete a tragédia dos anos 30, com a rendição de liberais ao totalitarismo, agora fascinados por Trump e Bolsonaro ou Salvini e Orbán. A “Cristandade” como referencial político, a raça como valor civilizacional, a superioridade branca como moral… já vimos isto tudo. É esta banalidade que é perigosa. Acrescente-se um Protocolo dos Sábios do Sião e teremos o que precisamos para um frémito de orgulho guerreiro que desce dos salões até aos arruaceiros da nova direita.
Francisco Louçã
Expresso

CHAGA & BOSTA

Sousa Lara regressa à política ao lado de André Ventura

Ficou conhecido por vetar obra de Saramago
António Sousa Lara, ex-subsecretário de Estado da Cultura do Governo de Cavaco Silva, vai voltar à política ao lado de André Ventura.
SOL

domingo, 14 de julho de 2019

Vai, minha tristeza


A morte de João é um luto do Brasil. A gente chora, a gente canta.

Alexandra Lucas Coelho

Ler mais: https://24.sapo.pt/opiniao/artigos/vai-minha-tristeza

MIGRAÇÕES

Restam 250 mil chimpanzés no continente africano. Há 10 anos eram cerca de 2 milhões

(Estarão todos a emigrar para as Américas, na esperança de carreiras políticas de sucesso?)

OS SEGREDOS DA JUSTIÇA



Procuradores acusam juiz Ivo Rosa de não saber o que é prova


Sábado

sábado, 13 de julho de 2019

ATÉ NO RACISMO SOMOS POBRES


Quem não tem Céline...





...Caça com Bonifácio

EH, PÁ, NÃO SE ESQUEÇAM DO BolSSonaro!



Donald Trump poderá vir a Portugal em agosto



Obiang organiza viagem a Portugal e quer ir rezar a Fátima

OS SEGREDOS DA JUSTIÇA

Juiz Ivo Rosa acusado outra vez de violar a lei

Magistrado queria impedir Ministério Público de usar no processo da EDP dados recolhidos na Operação Marquês e no processo BES.
O juiz que tem neste momento em mãos a Operação Marquês, Ivo Rosa, sofreu mais uma derrota. Tentou a todo o custo impedir os procuradores que investigam o caso EDP, no qual António Mexia é arguido, de recolherem provas incriminatórias, quer no processo BES, quer no inquérito que envolve José Sócrates. Mas os seus colegas do Tribunal da Relação de Lisboa acusaram-no esta quinta-feira de ter extravasado as suas competências, violando a lei.
Público

sexta-feira, 12 de julho de 2019

UM PAÍS EM LÁGRIMAS






Carlos César abandona o Parlamento

A CRISTANDADE BONIFÁCICA

Maria Fátima Bonifácio não concorda com o baptismo do bebé real Archie porque só metade da mãe faz parte da Cristandade

Vítor EliasO príncipe Harry e Meghan Markle baptizaram o pequeno Archie, merecendo críticas por parte de Maria Fátima Bonifácio, pois a historiadora considera que só a metade branca de Meghan Markle faz parte da Cristandade, enquanto a metade da nova duquesa de Sussex pertencente, por parte da mãe, ao Animismo, ao Voodoo e aos Jackson 5. Maria Fátima Bonifácio também criticou o príncipe Harry porque é ruivo e por isso faz lembrar irlandeses que são todos duendes alcoólicos.Inimigo Público