quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

O PÃO QUE O DIABO AMASSOU


Quem já ouviu falar de Auschwitz e da Escola de Chicago sabe perfeitamente que "O Trabalho Liberta".
Ora, o padeiro, bem informado e bem deformado, que tem um negócio que é, ou foi, financiado por Dias Loureiro e que defende horários de trabalho de sessenta horas, é apenas um 'empreendedor' modernaço que sabe encontrar as boas fontes de financiamento e gosta de ter 'colaboradores' que, pela sobrecarga horária, se tornam homens verdadeiramente livres.
É de gente desta que o país precisa, diz-se sempre nestes casos. Venham eles! E com os Padeiros à Frente. PàF, PàF, PàF!

Sem comentários: