segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

PRESIDENCIAIS

Eu não considero que a candidatura de Maria de Belém seja de esquerda. Acho que é uma candidatura de direita. Não é da direita, é de direita. É uma mulher muito conservadora, tem muito pouco de socialista e é uma candidata de fação. É uma evidência, para mim, que Maria de Belém se candidatou para se vingar da queda do António José Seguro e da queda dela própria, que era presidente do partido. As pessoas que a lançaram são pessoas que nada têm a ver com o PS nem com a esquerda.
Alfredo Barroso
«I»

1 comentário:

Daniel Nobre Mendes disse...

TODOS FECALOMAS- AI! QUE FEDOR DEITAM MB E MRS NA RETRETE DEMOCRÁTICA! DESCARREGUEM O AUTOCLISMO PORQUE MORREMOS COM ESSTE PIVETE TERRIVEL!!!