segunda-feira, 13 de outubro de 2008

OS APLAUSOS E OS RISOS

.
A protecção pública que os estados europeus decidiram dar aos grandes negócios privados está a deixar os neoliberais em estado de euforia. E não é caso para menos. Só com recurso às notícias de hoje, ficamos a saber que as garantias e apoios públicos dados ao sector financeiro por essa Europa fora atingem números que um portuguesinho, habituado a apertos de tesouraria, tem dificuldade em apreender: em Portugal - 20 mil milhões de euros; em França - 360 mil milhões; em Espanha - 100 mil milhões; na Alemanha - 500 mil milhões. O Reino Unido (da 'terceira via' blairiana) nacionaliza parcialmente o Royal Bank of Scotland, o HBOS e o Lloyds TBS.
O senhor Soros, o Papa, aplaude. O senhor Chavez e o reformado Fidel, provavelmente, riem-se.

PM

Sem comentários: