quarta-feira, 17 de maio de 2017

SOBRE TROPAS DE ELITE


"De toda esta situação tiramos nós, infantaria do peido e coice, uma vantagem: não fazemos operações ofensivas. Essas estão guardadas para as tropas especiais, tropas de elite, se por elite entendermos os mais pobrezinhos de espírito, os dos testes escritos mais fracos, os fisicamente mais aptos, os primeiros a tatuar, para que se saiba e fique até ao fim da vida, "Guiné - Sangue, suor e lágrimas",  os escolhidos e treinados para se aprimorarem na arte de bem matar, os audazes que a sorte protege, como lhes dizem, eles acreditam, mas nem sempre acontece."

Pedro Martins
In 'A Inscrição dos Dias - Cartas para Q.'

Sem comentários: