sexta-feira, 14 de abril de 2017

TERNURA

Vejam bem: o fescenino que toda a vida comeu carne, sobretudo nas festas do bunga-bunga, virou vegetariano e apela à Humanidade para que deixe viver os cordeirinhos da Páscoa.
Depois disto, já só me falta ver a fotografia de um  tal Dijsselbloem, numa montra, perdido de bêbado, a fumar charros e a dar biberão a uma trabalhadeira do Red Light District.

Sem comentários: