quarta-feira, 15 de março de 2017

O CORO DOS MAINATOS


O sector bancário a afundar-se e o Conselho de Ministros, sob a batuta do mainato da senhora Merkel, coadjuvado pela serviçal do senhor Schauble e pelo futuro motoqueiro mexicano, qual orquestra do Titanic (versão saloia), cantava a 'Aldeia da Roupa Branca': 
Água fria, da ribeira,
Água fria que o sol aqueceu,
Velha aldeia, traga a ideia,
Roupa branca que a gente estendeu.
Três corpetes, um avental,
Sete fronhas, um lençol,
Três camisas do enxoval,
Que a freguesa deu ao rol.

Sem comentários: