quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

POEMA

NATAL DE 2041



NESSA DATA FAREI  ANOS DE NASCIDO

E NÃO SEI JÁ QUANTOS DE MORTO;

NESSA ALTURA ESTAREI  EM  ESTÁTUA ADORMECIDO…

ADIEI SEMPRE UM SONHO PARA O FUTURO

E, AO QUERER TUDO, IRRAZOÁVEL FUI

PORQUE NADA FIZ AO ROMPER DA ALVA

E HAVIA TANTO PARA SONHAR E FAZER!

DAQUI  A VINTE E SEIS ANOS

OUTRA GENTE EXISTIRÁ;

UMA CRIANÇA E MIL SONHOS NO FUNDO DO OLHAR

PARA OUTRO MUNDO PARTIRÁ:

- AO SOM DE UMA TROMBETA MÁGICA VERÁ

QUE VALE A PENA RASGAR TANTO SILÊNCIO
PARA REALIZAR JÁ SEM SONHAR

MAS A VIDA VAI ANDANDO E PASSARÁ…


Daniel Nobre Mendes

Natal 2015

Sem comentários: