sexta-feira, 27 de março de 2015

O MENINO DE OURO DA FILOSOFIA

A conclusão de que o volume foi redigido por um professor universitário, um homem da mesma geração do ex-primeiro-ministro, terá resultado das escutas telefónicas a Sócrates, durante meses consecutivos. Quando o ex-primeiro-ministro foi detido, em Novembro, o mesmo catedrático já teria a incumbência de redigir um novo livro para surgir também sob a autoria de Sócrates,  que se intitularia Carisma. Resulta também do teor das conversas entre os dois amigos que o verdadeiro autor da obra receberia contrapartidas pelo seu despojamento intelectual.
SOL

Sem comentários: