terça-feira, 25 de novembro de 2014

CIDADANIA



Não quero uma República de juízes. Quero uma República de cidadãos com a Justiça a actuar com coragem e de olhos abertos. Não com uma Justiça a fazer de ceguinha, agarrada à bengala e com o poder político/financeiro a servir-lhe de cão-guia. 

Sem comentários: