quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

NÓS NÃO SOMOS A GRÉCIA


Político conservador grego condenado a prisão perpétua por desvio de 17 milhões de euros

Um tribunal grego condenou o antigo presidente da Câmara de Salónica a uma pena de prisão perpétua, pelo crime de peculato. Vassilis Papageorgopoulos, que presidiu à segunda maior autarquia da Grécia entre 1999 e 2010, foi considerado culpado do desvio de 17 milhões de euros do erário público, sensivelmente metade do orçamento disponível para obras no município.

Público

Sem comentários: